Engenharia química Manual Química Química macromolecular, Polímeros

PROCESSO DE OBTENÇÃO DO ESPILANTOL E ANÁLOGOS

Invenção sintetiza o espilantol com um processo rápido e inovador, realizado em apenas 5 etapas, com alto grau de pureza e rendimento.

O espilantol, um bioativo encontrado na planta Jambu (Spilanthes acmella), possui atividade analgésica, antinociceptiva, antioxidante, anti-inflamatória, antifúngica, antimalarial, bacteriostática e larvicida contra mosquitos, como o aedes aegypti. Seu uso é muito comum na área de cosméticos e de fármacos, mas seu custo elevado e versões sintéticas de baixa qualidade ainda são obstáculos a serem superados.

O processo inova ao sintetizar o espilantol em apenas 5 etapas com um rendimento global superior e com um produto com alto grau de pureza (≥98%) com presença majoritária do isômero desejado (95,5%). Com a rapidez do processo somado a alta pureza e rendimento obtido, a tecnologia se torna diferenciada e muito interessante para a indústria farmacêutica e de cosméticos ao oferecer uma significativa redução de custos no processo de na obtenção do espilantol.

PRINCIPAIS BENEFÍCIOS E CARACTERÍSTICAS DA INVENÇÃO:

Tecnologia Verde
Não utiliza produtos tóxicos
Processo rápido, eficiente e de baixo custo
Aplicação em fármacos e cosméticos

INVENTORES:

JULIO CEZAR PASTRE

• Bacharel em Química – UFV
• Mestrado em Química Orgânica – UNICAMP
• Doutorado em Ciências – UNICAMP
• Doutorado sainduíche – Université Paul Sabatier Toulouse III.
• Pós-Doutorado em Química da – UNICAMP
• Pós- Doutorado em Química – Universidade de Cambridge Atua como professor doutor na UNICAMP
ISABELLA GONÇALVES ALONSO
 UNICAMP
FACULDADE/INSTITUTO:
Instituto de Química – IQ – UNICAMP

STATUS DA PATENTE:

Pedido de patente de invenção depositado junto ao INPI.
Código interno: 1039_SINTESE

MAIS INFORMAÇÕES:

parcerias@inova.unicamp.br

(19) 3521.2607 / 5207

ESPAÇO PARA TEXTO EM INGLÊS

COMPARTILHE:

TECNOLOGIAS RELACIONADAS: