Manual Microestrutura e Nanotecnologia Produtos farmacêuticos Química

PROCESSO DE OBTENÇÃO DA VACINA MENINGOCÓCICA, VACINA MENINGOCÓCICA E SEU USO

Vacina meningogócica de uso tópico e de liberação controlada

A despeito da importância da vacinação na prevenção de doenças e proteção da saúde, tanto no âmbito individual quanto no coletivo, este pode ser um processo doloroso para o paciente, em especial pela dor provocada no momento da aplicação da vacina. O método mais recente no mercado é o transdérmico, que utiliza micro-agulhas, porém também pode causar desconforto, além do acesso ser dificultado pelo alto preço.

A vacina desenvolvida na Unicamp, apresenta perfil de liberação controlada para imunização contra doenças causadas por Neisseria meningitidis, de uso tópico, não emprega microagulhas e proporciona um método de imunização fácil, acessível e indolor.

PRINCIPAIS BENEFÍCIOS E CARACTERÍSTICAS DA INVENÇÃO:

Uso tópico
Liberação controlada
Imunização de fácil aplicação, indolor e mais acessível

INVENTORES:

MARCELO LANCELLOTTI

• Ciências Biológicas – UNICAMP
• Mestrado em Genética e Biologia Molecular – UNICAMP
• Doutorado em Biologia Celular e Molecular – Université Paris Descartes, França
• Pós-Doutorado – UNICAMP
Atualmente atua como Pesquisador e Professor no Instituto de Biologia – UNICAMP
TAIS HELENA COSTA SALLES
UNICAMP
DAISY MACHADO
UNICAMP
MARCOS AKIRA D’ÁVILA
UNICAMP
FACULDADE / INSTITUTO
Faculdade de Ciências Farmacêuticas – FCF / UNICAMP
Faculdade de Engenharia Mecânica – FEM / UNICAMP

STATUS DA PATENTE:

Pedido de patente de invenção depositado junto ao INPI.
Código interno: 1252_ELECTROSPINNING

MAIS INFORMAÇÕES:

parcerias@inova.unicamp.br

(19) 3521.2607 / 5207

ESPAÇO PARA TEXTO EM INGLÊS

COMPARTILHE:

TECNOLOGIAS RELACIONADAS: