Instrumentos Manual Óptica
1286_EMG-fapesp

SISTEMA DE CONTROLE DE PRÓTESE E MÉTODO DE FUNCIONAMENTO

Método por computação gráfica possibilita adicionar posições e movimentos customizados

O alto custo de próteses de mão sofisticadas as tornam inacessíveis para a maioria dos amputados, especialmente em países como o Brasil onde o acesso aos cuidados protéticos é negligenciado e o cuidado com a saúde é oneroso quando as pessoas procuram por serviços particulares. Além disso, o treinamento para utilização da prótese exige dedicação e pode ser frustrante se não atender suas necessidades diárias.

Desenvolvido por pesquisadores da Unicamp um sistema de controle de prótese e seu método de funcionamento, que utiliza imagens de objetos, computação gráfica e sensoriamento muscular para prover ao usuário os posicionamentos e as movimentações, de acordo com a sua escolha, mais adequadas para cada objeto que o usuário queira interagir, com a possibilidade de adicionar posições e movimentações customizadas.

PRINCIPAIS BENEFÍCIOS E CARACTERÍSTICAS DA INVENÇÃO:

Permite acoplamento de dispositivo móvel ou câmera na prótese
Permite a escolha e adição de tipos de preensão

INVENTORES:

Eric-Rohmer
Eric Rohmer

. Mestrado na Ecole Supérieure dInformatique et Applications de Lorraine
. Doutorado em Ciência da Computação do Laboratório de Robótica Avançada da Universidade de Tohoku (Advance Robotics Laboratory), Japão
. Pós-doutoradona UNICAMP
Atua como Professor na Faculdade de Engenharia Elétrica e da Computação (FEEC) da Universidade Estadual de Campinas
Dandara Thamilys Guedes de Andrade
UNICAMP
FACULDADE / INSTITUTO
Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação (FEEC – UNICAMP)

STATUS DA PATENTE:

Pedido de patente de invenção depositado junto ao INPI.
Código interno: 1286_EMG

MAIS INFORMAÇÕES:

parcerias@inova.unicamp.br

(19) 3521.2607 / 5013

ESPAÇO PARA TEXTO EM INGLÊS

COMPARTILHE:

TECNOLOGIAS RELACIONADAS: