Instrumentos Manual Óptica
1323_DEGRADACAO

PROCESSO DE DEGRADAÇÃO DE COMPOSTOS ORGÂNICOS VOLÁTEIS E SISTEMA DE REATORES EM FASE GASOSA E FASE LÍQUIDA

Novo sistema garante alta eficiência na remoção de compostos orgânicos voláteis

Muitos compostos orgânicos voláteis são tóxicos para a saúde humana por causarem problemas crônicos respiratórios e, também, danos cromossômicos. Porém, a situação se tornou mais expressiva nos últimos anos, devido a vários problemas ambientais. Os compostos orgânicos voláteis são emitidos à atmosfera principalmente em descargas de gases em processos industriais e, é preciso soluções que promovam a eliminação dos poluentes atmosféricos.

Foi desenvolvido na Unicamp  um processo de degradação de compostos orgânicos voláteis  e um sistema de reatores em fase gasosa e fase líquida onde o processo desenvolvido é realizado.  A tecnologia pode ser aplicada no controle e no tratamento de compostos orgânicos aromáticos voláteis, com ênfase em compostos aromáticos voláteis e, em processos industriais de fabricação e em postos de combustíveis.

PRINCIPAIS BENEFÍCIOS E CARACTERÍSTICAS DA INVENÇÃO:

Alta eficiência nas reações de oxidação em menor tempo de reação
Reatores podem ser operados a temperaturas e pressões ambiente
Agentes oxidantes não são liberados para o ambiente externo

INVENTORES:

Edson Tomaz
Edson Tomaz

• Engenharia Química • UNICAMP
• Mestrado em Engenharia Química • UNICAMP
• Doutorado em Engenharia Química • UNICAMP
Atualmente é Professor Assistente Doutor da Universidade Estadual de Campinas
Tania Miyoko Fujimoto
UNICAMP
FACULDADE / INSTITUTO
Faculdade de Engenharia Química (FEQ – UNICAMP)

STATUS DA PATENTE:

Pedido de patente de invenção depositado junto ao INPI.
Código interno: 1323_DEGRADACAO

MAIS INFORMAÇÕES:

parcerias@inova.unicamp.br

(19) 3521.2607 / 5013

ESPAÇO PARA TEXTO EM INGLÊS

COMPARTILHE:

TECNOLOGIAS RELACIONADAS: