Biotecnologia Química

Novo processo permite a impressão 3D de stents em polímero absorvível

PRINCIPAIS BENEFÍCIOS E CARACTERÍSTICAS DA INVENÇÃO

esferas-conectadas-por-linhas

Stents inteiramente poliméricos

profits

Produção rápida e customizada

settings

Material absorvível

Stents intracoronários absorvíveis e liberadores de NO são obtidos de forma customizada por impressão 3D

Pesquisadores da Unicamp desenvolveram um material polimérico fotocurável que possibilita a obtenção de dispositivos médicos implantáveis por impressão 3D, capazes de proporcionar os efeitos da liberação local de óxido nítrico (NO).

A partir desse material polimérico é possível a obtenção de dispositivos customizados, como stents vasculares. A liberação de NO pode conferir novas ações terapêuticas como a inibição da formação de trombos e o estímulo à regeneração do endotélio vascular no local do implante.

INVENTORES

Marcelo Ganzarolli De Oliveira

• Químico – UNICAMP
• Mestrado em Química – UNICAMP
• Doutorado em Ciências – UNICAMP
• Pós-Doutorado – SOUTHAMPTON, Inglaterra
• Atualmente é Professor Titular do Instituto de Quimica (IQ) da UNICAMP
Matheus Fernandes De Oliveira
Instituto de Química (UNICAMP)
Laura Caetano Escobar Da Silva
Instituto de Química (UNICAMP)

FACULDADE/INSTITUTO:

Instituto de Química (UNICAMP)

DETALHES

TÍTULO: Obtenção de dispositivos médicos por impressão 3D
STATUS: DEPOSITADO
CÓDIGO: 1595_COPOLÍMERO
Esta tecnologia foi desenvolvida em parceria com a FAPESP

COMPARTILHE:

TECNOLOGIAS RELACIONADAS: