Engenharia química Manual Química Química orgânica fina

SISTEMA INTEGRADO PARA AUMENTO DA RECUPERAÇÃO DE ETANOL E COPRODUÇÃO DE ÁLCOOL ISOAMÍLICO, PROCESSO INTEGRADO PARA AUMENTO DA RECUPERAÇÃO DE ETANOL E COPRODUÇÃO DE ÁLCOOL ISOAMÍLICO E, PRODUTOS ASSIM OBTIDOS

A tecnologia possibilita maior recuperação do etanol e produção de álcool isoamílico sem grandes mudanças na estrutura

O aumento da demanda de produção do etanol fez crescerem opções rentáveis dos subprodutos gerados no processo, como o óleo fúsel. Para cada 1000 litros de etanol, são gerados de 1 a 11 litros do óleo, porém as usinas tem aproveitado pouco este subproduto que, além de conter o próprio etanol, é rico em álcool isoamílico.

Esta tecnologia permite integrar um sistema no processo de destilação sem alteração na estrutura de destilação do etanol, bastando apenas acoplar um módulo à unidade já existente. Com isso é possível fazer a destilação do óleo fúsel aumentando a recuperação do etanol e produzir álcool isoamilico com elevada pureza e recuperação. Este álcool é muito utilizado como reagente e solvente nas indústrias de alimentos, tintas e vernizes, de plastificantes e de perfumaria.

RESULTADOS OBTIDOS COM O USO DA TECNOLOGIA:

PRINCIPAIS BENEFÍCIOS E DIFERENCIAIS DA TECNOLOGIA:

Aumento da recuperação de etanol e produção de álcool isoamílico utilizando apenas uma coluna
Maior eficiência no processo de produção mantendo o grau de pureza do etanol
Não utiliza solventes ou agentes alcalinos no processo de purificação
Pode ser aplicada em usinas de etanol ou plantas de bebidas destiladas
Não necessita qualquer mudança estrutural no sistema de destilação de etanol
Possibilita aproveitar o subproduto óleo fúsel com maior lucratividade e economia de energia

INVENTORES:

Eduardo Augusto Caldas Batista

• Engenheiro de Alimentos- UNESP
• Mestre em Engenharia de Alimentos- UNICAMP
• Doutor em Engenharia de Alimentos- UNICAMP
Atualmente é professor doutor da UNICAMP. Tem experiência na área de Engenharia de Alimentos, com ênfase em Processos de Separação.
Antonio José de Almeida Meirelles

• Engenheiro de Alimentos- UNlCAMP
• Mestre em Engenharia de Alimentos- UNICAMP
• Doutor em Ciência Econômica- UNICAMP
• Doutor em Engenharia de Processos Térmicos – Martin Luther Universitat, Alemanha.
Atualmente é Professor Titular da UNICAMP.
Magno José de Oliveira
FEA- UNICAMP
FACULDADE/INSTITUTO:
Faculdade de Engenharia de Alimentos- FEA- UNICAMP

STATUS DA PATENTE:

Ped1do de patente de Invenção depositado junto ao INPI
Código interno: 811_RECUPERAÇÃO

MAIS INFORMAÇÕES:

parcerias@inova.unicamp.br

(19) 3521.2607 / 5207

ESPAÇO PARA TEXTO EM INGLÊS

COMPARTILHE:

TECNOLOGIAS RELACIONADAS: