Engenharia Mecânica Manual Materiais, Metalurgia Outras máquinas especiais

MÉTODO DE AJUSTE DOS PARÂMETROS DE UMA PERFILADEIRA DESCENDENTE

Aplicação de um modelo híbrido analítico-numérico na determinação da curvatura longitudinal para o desenvolvimento de uma perfiladeira descendente (downhill)

No processo de perfilação a frio convencional, o ajuste da perfiladeira é realizado por tentativa e erro pelo operador, o que demanda tempo e não garante peças sem flambagem. O método híbrido apresentado neste invento é uma forma mais eficaz de se produzir peças de metal sem defeitos.

A invenção refere-se a uma metodologia de ajuste dos parâmetros de uma perfiladeira convencional baseada em um modelo híbrido analítico-numérico para o desenvolvimento de uma perfiladeira descendente (downhill). Minimiza a tensão longitudinal compressiva na região central da base da chapa com perfil em U e, assim, consegue reduzir a flambagem nas arestas laterais dos furos pré-estampados na região em questão.

PRINCIPAIS BENEFÍCIOS E CARACTERÍSTICAS DA INVENÇÃO:

 Modelo híbrido analítico-numérico
Minimiza a tensão longitudinal compressiva
 Reduz ocorrência de flambagem
 Peças perfiladas a frio sem defeitos

INVENTORES:

JANITO VAQUEIRO FERREIRA

• Engenheiro Mecânico- UNICAMP
• Mestre em Engenharia Mecânica-UNICAMP
• Doutor em Dynamics – Imperial College of Science Tecnology Medicine
• Pós Doe -lnstitut National Politechinique de Grenoble
Atualmente é Professor Assistente Doutor e Pesquisador do Departamento de Mecânica Computacional da Faculdade de Engenharia Mecânica, UNICAMP
MARCELO CAVAGUTI
UNICAMP
FACULDADE/INSTITUTO:
Faculdade de Engenharia Mecânica- FEM / UNICAMP

STATUS DA PATENTE:

Pedido de patente de invenção depositado junto ao INPI.
Código interno: 920_PERFILADEIRA

MAIS INFORMAÇÕES:

parcerias@inova.unicamp.br

(19) 3521.2607 / 5207

ESPAÇO PARA TEXTO EM INGLÊS

COMPARTILHE:

TECNOLOGIAS RELACIONADAS: