Manual Química Tecnologia Ambiental

PROCESSO DE OBTENCÃO DE MANOSILERITRITOL LIPÍDIOS (MEL) COMPOSICÕES E USOS DAS MESMAS

Novo processo de obtenção de MEL utilizando a maipueira recupera o biossurfactante pela espuma formada no biorreator e purifica em uma única etapa de ultrafiltração

Biossurfactantes são compostos que diminuem a tensão superficial e possuem alta capacidade emulsificante e, em comparação com seus homólogos químicos, apresentam menor toxicidade, biodegradabilidade e estabilidade em condições extremas. Atualmente, a produção de manosileritritollipídio (MEL] apresenta algumas desvantagens, como o uso de meio de cultura sintético e um processo de purificação dispendioso.

A invenção se aplica no campo de gerenciamento de resíduos e reduz o impacto ambiental e econômico na obtenção do biossurfactante. O novo processo faz proveito de um resíduo agroindustrial, preferencialmente manipueira (resíduo da indústria farinheiraL que não utiliza solvente orgânico e sua fase de purificação é simples e rápida. Pode ser aplicada em cosméticos, como agente tensoativo, como emulsificante na recuperação de petróleo ou para pulverização em cultivares.

PRINCIPAIS BENEFÍCIOS E CARACTERÍSTICAS DA INVENÇÃO:

Utilização de manipueira, resíduo agroindustrial como meio de cultura
Apresenta menor toxicidade, biodegradabilidade e estabilidade em condições extremas
Redução do custo de produção e de impacto ambiental
 Aplicação em cosméticos, na recuperação de petróleo ou para pulverização em cultivares

INVENTORES:

Gláucia Maria Pastore
GLÁUCIA MARIA PASTORE

• Ciências Biológicas- PUC Campinas
• Mestrado em Ciência de Alimentos- UNICAMP
• Doutorado em Ciência de Alimentos – UNICAMP
• Pós-Doutorado- Ohio State University, EUA
Atua como Pesquisadora, Diretora, Coordenadora de Programa de Pós-Graduação e Professora Titular na Faculdade de Engenharia de Alimentos da UNICAMP.
CRISTIANO JOSÉ DE ANDRADE
UNICAMP
FRANCISCO FÁBIO CAVALCANTE BARROS
UNICAMP
FACULDADE/INSTITUTO:
Faculdade de Engenharia de Alimentos – FEA / UNICAMP

STATUS DA PATENTE:

Pedido de patente de invenção depositado junto ao INPI.
Código interno: 933_CASSAVA

MAIS INFORMAÇÕES:

parcerias@inova.unicamp.br

(19) 3521.2607 / 5207

ESPAÇO PARA TEXTO EM INGLÊS

COMPARTILHE:

TECNOLOGIAS RELACIONADAS: