Manual Móveis, jogos Outras Outros bens de consumo Tecnologia médica

COLCHÃO PARA SER ALOCADO EM DISPOSITIVOS DE RETENÇÃO PARA CRIANÇAS

Colchão se conecta à dispositivos de retenção permitindo mais segurança e conforto no transporte veicular de recém-nascidos de baixo peso

A cada ano mais de 260 milhões de mortes infantis são causadas por acidentes no trânsito, causando prejuízos incalculáveis para todo planeta. Pensando em reduzir esse número muitas tecnologias vêm sendo desenvolvidas e já existem várias opções de dispositivos de proteção para o transporte de crianças, entretanto a maioria existente é destinada à crianças com peso acima de 3 quilos.

A invenção é uma solução para o transporte veicular de recém-nascidos com peso entre 1.600g e 2.500g. Fácil de ser colocado e retirado, o colchão se ajusta aos dispositivos de retenção já existentes mantendo a postura ergonomicamente correta da criança. Projetado para se adaptar a anatomia do corpo, proporciona conforto, segurança e reduz problemas de saude gerados por inclinação inadequada.

PRINCIPAIS BENEFÍCIOS E CARACTERÍSTICAS DA INVENÇÃO:

Adaptação à anatomia do corpo
Destinado a recém-nascidos de baixo peso
Removível. Facil de anexar e retirar
Nível de bolha para ajuste correto da inclinação

INVENTORES:

ANTONIO CELSO FONSECA DE ARRUDA

• Engenharia Mecânica – UNICAMP
• Mestrado em Engenharia Mecânica – UNICAMP
• Doutorado em Engenharia Mecânica – UNICAMP
• Pós-Doutorado – Ohio State University, EUA
Atua em pesquisas, de caráter tecnológico, em segurança veicular, equipamentos de proteção infantil e dispositivos de retenção para crianças. Credenciado como Especialista pelo INMETRO nos escopos de berços infantis e dispositivos de retenção para crianças.
CINDY JANNETH RONDÓN CACHOPO
UNICAMP
FACULDADE/INSTITUTO:
Faculdade de Engenharia Mecânica – FEM / UNICAMP

STATUS DA PATENTE:

Pedido de patente de invenção depositado junto ao INPI.
Código interno: 969_COLCHÃO

MAIS INFORMAÇÕES:

parcerias@inova.unicamp.br

(19) 3521.2607 / 5207

ESPAÇO PARA TEXTO EM INGLÊS

COMPARTILHE:

TECNOLOGIAS RELACIONADAS: