Programa de Computador Software

Anamnese em deficiências sensoriais infantis

PRINCIPAIS BENEFÍCIOS E CARACTERÍSTICAS DA INVENÇÃO

artificial-intelligence

Registra indicadores de risco potenciais para lesão neurológica

chat

Detecção de alterações neurosensoriais de cada paciente

snap

Parâmetros próprios para a população brasileira e interface em português

Pesquisadores desenvolvem software para auxiliar na anamnese em deficiências sensoriais de pacientes da neurologia infantil

Uma parceria entre as Faculdades de Ciências Médicas e de Tecnologia da Unicamp resultou na criação de um software voltado para anamnese em deficiências sensoriais de pacientes da neurologia infantil. Trata-se do Hestia 3.1, a terceira versão de um sistema que permite a organização das informações recolhidas, sistematização da coleta de indicadores e cruzamento de dados para fins de pesquisa médica. 

Na especialidade médica, o Hestia registra um conjunto de 181 indicadores de risco potenciais para lesão neurológica e para detecção de alterações neurosensoriais de cada paciente, evitando esquecimentos ou erros de preenchimento. Já no aspecto administrativo, ele organiza dados civis e sócio-econômicos das crianças e seus responsáveis, sendo a evolução mais estável das versões anteriores do mesmo trabalho.

Embora já existissem antes do Hestia programas com propósito similar, todos vinham do mercado externo e apresentavam desvantagens como indicadores inadequados para o cenário brasileiro, interface em inglês e operação de caracteres. A presente tecnologia, por sua vez, resolve estes problemas com parâmetros próprios para a população brasileira, operação em português, interface amigável e consultas avançadas. 

Dessa forma, a invenção pode ser utilizada em hospitais, ambulatórios, clínicas, consultórios e instituições de apoio às crianças como APAES e centros de cuidados a autistas. Ademais, o software foi projetado como uma base de dados modelada para fins de pesquisa científica, própria para cruzamento de dados médicos e com o máximo de preservação do sigilo do paciente, o que o torna adequado para uso em universidades. 

Para sua utilização, é necessário apenas um microcomputador de uso geral único ou em rede, sendo que há um módulo de consultas às bases e facilidades de exportação dos resultados dessas consultas. Além disso, o sistema é distribuído juntamente com o instalador e as bases podem ser apagadas e recriadas em telas administrativas, havendo também relatórios impressos simples com a função de conferência dos dados lançados. 

INVENTORES

André Franceschi de Angelis

• Graduação em Ciências da Computação (1992)
• Doutorado em Física (2003)
• Docente na Faculdade de Tecnologia (Unicamp)
Vanda Maria Gimenes Gonçalves
Faculdade de Ciências Médicas (Unicamp)
Paulo Edson dos Santos
Faculdade de Tecnologia (Unicamp)
Nelson Tomoaki Arashiro
Faculdade de Tecnologia (Unicamp)
Karen Tank Mercuri Macedo
Faculdade de Tecnologia (Unicamp)

FACULDADE/INSTITUTO:

Faculdade de Tecnologia (Unicamp)

DETALHES

TÍTULO: Anamnese em deficiências sensoriais infantis
STATUS: CONCEDIDO
CÓDIGO: PC062_HESTIA 3.1

 

Esta tecnologia foi desenvolvida em parceria com a FAPESP

COMPARTILHE:

TECNOLOGIAS RELACIONADAS: