Engenharia Elétrica Manual Maquinaria elétrica, Aparelhos, Energia Medição

MÉTODO DE DETECÇÃO DE FALTAS INTERNAS DE ALTA SENSIBILIDADE

Nova tecnologia apresenta uma sensibilidade apurada que diminui os tempos de atuação e reduz os danos nos equipamentos protegidos

A demanda de energia continua a crescer e junto com ela a necessidade de melhoria da qualidade dos sistemas de fornecimento, transmissão e distribuição. Os transformadores de potência possuem papel fundamental no processo, pois são os principais equipamentos e também os mais caros. Portanto, novos métodos de proteção estão em constante desenvolvimento afim de otimizar cada vez mais a qualidade e custo das operações.

Baseado nas impedâncias de sequência negativa, este método de proteção inova ao conseguir aumentar a sensibilidade de detecção de falhas a um nível muito apurado, identificando se a falta é interna ou externa e permitindo o bloqueio e desbloqueio de maneira ágil. Sendo assim a invenção permite a redução nos tempos de atuação e danos dos equipamentos sob sua proteção e possibilita a retirada do transformador de potência de serviço de forma rápida e confiável.

PRINCIPAIS BENEFÍCIOS E CARACTERÍSTICAS DA INVENÇÃO:

Método apresenta uma sensibilidade muito apurada
Complementa a proteção principal
Pode ser aplicado em equipamentos com mais de duas entradas/saídas
Simplicidade e ampla aplicação

INVENTORES:

MARIA CRISTINA DIAS TAVARES

• Engenheira Elétrica • UFRJ
• Mestrado em Engenharia Elétrica • UFRJ
• Doutorado em Engenharia Elétrica· UNICAMP
• Pós-Doutorado – USP
Atualmente atua como Professora e Pesquisadora na graduação e pós-graduação da Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação da UNICAMP
FABIANO GUSTAVO SILVEIRA MAGRIN
UNICAMP
FACULDADE/INSTITUTO:
Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação FEEC – UNICAMP

STATUS DA PATENTE:

Pedido de patente de invenção depositado junto ao INPI.
Código interno: 1029_ESPIRA

MAIS INFORMAÇÕES:

parcerias@inova.unicamp.br

(19) 3521.2607 / 5207

ESPAÇO PARA TEXTO EM INGLÊS

COMPARTILHE:

TECNOLOGIAS RELACIONADAS: