Programa de Computador Software

Simulação de colunas de destilação multicomponentes

PRINCIPAIS BENEFÍCIOS E CARACTERÍSTICAS DA INVENÇÃO

controls-2

Aborda modelos simples e complexos

account

Dados termodinâmicos de 113 hidrocarbonetos

snap

Funcionamento intuitivo e resultados rápidos

Nova ferramenta computacional auxilia no ensino de simulação de colunas de destilação multicomponentes

Pesquisadores da Faculdade de Engenharia Química da Unicamp criaram um ambiente computacional para auxiliar no ensino de simulação de colunas de destilação multicomponentes. O Ambiente de Processo de Separação (AmProS) foi desenvolvido com base em dados termodinâmicos de 113 hidrocarbonetos e é dividido em dois módulos que abordam modelos simples (shortcut) e complexos (rigoroso). 

O AmProS é destinado a estudantes e profissionais de áreas como engenharias química, mecânica ou de alimentos, e permite a obtenção de resultados rápidos para modelagens complexas. Ele pode ser aplicado tanto em sala de aula, como ferramenta educacional sobre modelagem e simulação de destiladores, quanto na indústria, em empresas dos ramos químicos, de petróleo, entre outros. 

Ao contrário da maioria dos softwares disponíveis, que são muito amplos ou de difícil compreensão sem um apoio técnico, a nova tecnologia apresenta informações ao longo de cada etapa da simulação, servindo de guia ao usuário. Dessa forma, ela funciona de forma intuitiva, facilitando o acesso a informações e simulações. 

O módulo que aborda o modelo simples, destinado ao design básico de uma coluna de destilação, mostra ao usuário as equações e os cálculos a serem realizados. Já o modelo rigoroso utiliza um algoritmo para chegar à solução das equações. Como resultado, ele apresenta as vazões interestágios, a temperatura dos estágios, a energia do condensador e do refervedor e as frações molares do destilado e do fundo. 

O software foi desenvolvido em linguagem de programação em Visual Basic / Microsoft Excel, e pode, portanto, ser operado em um computador de configuração padrão. Embora suas funcionalidades já estejam concluídas, é possível atualizá-las conforme as necessidades futuras e a perspectiva é que os pesquisadores possam disponibilizar a tecnologia sob licença aberta.

INVENTORES

Kátia Tannous

• Graduação em Engenharia Química pela Universidade de Caxias do Sul (1985)
• Mestrando em Engenharia Química pela Universidade Estadual de Campinas (1989)
• Doutorado em Engenharia Química pelo Institut National Polytechnique de Toulouse (1993)
• Atualmente é professora associada da Universidade Estadual de Campinas
João Pedro Meireles Cardoso
Faculdade de Engenharia Química (Unicamp)

FACULDADE/INSTITUTO:

Faculdade de Engenharia Química (Unicamp)

DETALHES

TÍTULO: Simulação de colunas de destilação multicomponentes
STATUS: CONCEDIDO
CÓDIGO: PC186_AMPROS

COMPARTILHE:

TECNOLOGIAS RELACIONADAS: